ONS vê queda de 1,8% na carga de energia do sistema nacional em 2015

Gostou? compartilhe!

Saiba mais sobre ONS vê queda de 1,8% na carga de energia do sistema nacional em 2015

ONS vê queda de 1,8% na carga de energia do sistema nacional em 2015

Projeção menor que previsto deve-se a queda do consumo industrial. Para 2015-2019, previsão é de crescimento médio anual de 3,6%.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) prevê uma queda de 1,8% na carga de energia do sistema interligado nacional em 2015 ante 2014, para 63.947 megawatts médios, com a fraqueza na economia reduzindo o consumo de energia, segundo relatório desta sexta-feira (11).

A carga projetada para 2015 ficou 1.162 megawatts médios (MWmédios) abaixo do previsto anteriormente. Segundo o ONS, a queda no consumo de energia no sistema interligado pode ser explicada principalmente pela queda do consumo industrial, de 4,3%. O consumo residencial mostra retração de 0,1% e o comercial cresce 1,4%.

Para os próximos anos, o ONS pressupõe uma recuperação gradual da economia brasileira.

Dessa forma, para o período 2015-2019, o ONS acredita em um crescimento médio anual da carga de energia do sistema de 3,6% ao ano, expansão média anual de 2.440 MWmédios.

Espera-se que o consumo industrial no SIN nesse período observe taxa média de crescimento de 2,5% ao ano. As classes residencial e comercial devem registrar valores de aproximadamente 4,2% e 4,7%, respectivamente.

Em 2015, segundo o órgão, espera-se uma queda de 1,2% no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e em 2016 um crescimento de 1,1%. A taxa média anual de crescimento do PIB entre 2015 e 2019 será de 2,5 por cento, diz o relatório.

Queda de carga em dezembro
O ONS também avaliou que a carga de energia do sistema interligado nacional (SIN), em dezembro, cairá 2,3 %, ante projeção anterior de recuo de 2,1%, segundo relatório semanal publicado nesta sexta-feira.

O ONS também elevou a projeção de chuvas nas hidrelétricas do Sudeste em dezembro para 126% da média histórica, ante 123% na previsão anterior.

Fonte: G1



Gostou? compartilhe!

Receba NewsLatter da LÖSUNG BRASIL