Indústria paulista deve fechar 150 mil vagas este ano, diz Fiesp

Gostou? compartilhe!

Saiba mais sobre Indústria paulista deve fechar 150 mil vagas este ano, diz Fiesp

Indústria paulista deve fechar 150 mil vagas este ano, diz Fiesp

Desde janeiro, indústria do estado já cortou 35 mil postos de trabalho. Em maio, foram 17 mil vagas a menos, de acordo com a entidade.

A indústria do estado de São Paulo deve fechar 150 mil postos de trabalho este ano, segundo a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). O resultado representa uma queda de 6% na comparação anual, e o pior ano da série histórica da pesquisa.

“É a maior perda de empregos absolutos, superando até mesmo a queda ocorrida no ano da crise”, diz, em nota, o diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicas da entidade, Paulo Francini. Em 2009, auge da crise financeira internacional, foram fechados 110 mil empregos.

Em maio, foram fechados 17 mil postos de trabalho, uma queda de 0,86% na comparação com o mês anterior e o pior resultado para um mês de maio da série histórica da pesquisa. Desde janeiro, a indústria do estado já demitiu 35 mil trabalhadores.

No mês passado, o saldo de demissões só não foi maior por conta do setor de açúcar e álcoo, que criou 2.051 vagas, e compensou parte das 19.051 demissões da indústria de transformação.

Setores
Por setores, o maior número de cortes veio de veículos automotores, reboques e carrocerias, com o fechamento de 4.307 vagas, seguido pelo setor de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos, com 3.202 demissões.

Já o segmento que mais contratou em maio foi a indústria de produtos alimentícios, com a geração de 2.276 novos empregos.

Fonte: G1



Gostou? compartilhe!

Receba NewsLatter da LÖSUNG BRASIL