Indústria de SP tem redução na participação do PIB nacional, diz CNI

Gostou? compartilhe!

Saiba mais sobre Indústria de SP tem redução na participação do PIB nacional, diz CNI

Indústria de SP tem redução na participação do PIB nacional, diz CNI

Levantamento industrial mostra que está diminuindo a concentração de fábricas no Estado

Apesar de ainda ter a maior participação no PIB (Produto Interno Bruto) industrial brasileiro, São Paulo diminui a vantagem, segundo um levantamento da CNI (Confederação Nacional da Indústria).

O Estado paulista teve uma queda de 7,9 pontos percentuais entre 2002 e 2012. Ainda assim, o PIB da indústria paulista chegou a R$ 288,6 bilhões em 2012. O que representou 29,8% do PIB industrial do País naquele ano.

Os setores com maior participação em SP são: alimentos (15%), automotivo (12,8%) e derivados de petróleo e biocombustíveis (10,6%). A indústria de São Paulo emprega 3,7 milhões de trabalhadores, responde por 26,1% do emprego do Estado e paga o segundo maior salário industrial médio do País (R$ 2.523).

Os outros Estados do Sudeste ampliaram a participação no PIB industrial do País. O Rio de Janeiro teve uma alta de 3,9 pontos percentuais e acumulou R$ 138,1 bilhões no PIB industrial (14,3% do PIB da indústria do País)

No Rio, a principal indústria é a extração de petróleo e gás natural (31,1%), derivados de petróleo e biocombustíveis (19,9%) e metalurgia (6,9%)

Minas e Espírito Santo tiveram variação de 1,5 ponto percentual cada um. E as indústrias desses Estados acumularam um PIB de R$ 103,4 bilhões e de R$ 34,4 bilhões, respectivamente em 2012. Isso equivale a 10,7% e 3,5% do PIB industrial brasileiro naquele ano.

Na indústria mineira, os principais setores são extração de minerais metálicos (28,2%), alimentos (12,9%) e metalurgia (12%). Enquanto para os capixabas, são extração de minerais metálicos (36,3%), metalurgia (6,7%) e extração de petróleo e gás natural (20,3%).

Fonte: R7



Gostou? compartilhe!

Receba NewsLatter da LÖSUNG BRASIL